Apresentação

 

Derivas analíticas é a revista digital de psicanálise e cultura da Escola Brasileira de Psicanálise – Seção Minas Gerais. Suas rubricas difundem textos dedicados à psicanálise de Orientação Lacaniana, bem como ensaios, traduções, críticas e resenhas que apresentam interlocuções consonantes com o ensino de Jacques Lacan, sejam eles de cunho científico, literário, filosófico ou artístico.

Entre temas epistêmicos e culturais e suas relações com a psicanálise, a revista se desdobra em quatro rubricas.

A rubrica Mathesis difunde textos que contemplam o eixo epistêmico da Orientação Lacaniana e que valorizam, ao mesmo tempo, a dimensão ensaística do escrito. 

Na rubrica Aquele texto… Derivas reedita artigos que fizeram a história da EBP e do Campo Freudiano. Artigos que mantêm uma atualidade e que continuam a interpelar o leitor como oráculos que propõem, a cada leitura, uma nova interpretação.

A terceira rubrica, Você disse contemporâneo?, se insere numa vertente que se pode chamar “vanguardista”, se considerarmos a expressão vanguarda em seu sentido mais literal: posição que vem na dianteira. Lacan orientou os psicanalistas de sua Escola quanto à posição que deveriam assumir: estar à altura da subjetividade de sua época, deixando-se, por exemplo, interpretar pelas manifestações da cultura e da arte. Os textos dessa rubrica se referem ao que podemos chamar “contemporâneo”: suas produções culturais e científicas, suas tendências de pensamento, e por que não, seus modos de gozo. 

A rubrica Sinopses, resenhas, etc. & tal, como o próprio nome diz, veicula textos breves, pontuações ou mesmo comentários sobre temas relacionados aos campos do saber contemplados pela revista.

 Imprimir  E-mail